Yoga

Sirshasana

“O Yoga não é para te tornar bonzinho e ter voz mansa. O Yoga não é para aceitar tudo. Não há Yoga sem revolução interna. Não há Yoga sem questionamentos. Não há Yoga sem mexer fundo nos relacionamentos. Às vezes, o Yoga não te torna calmo, mas furioso. Porque é o despertar da consciência. Às vezes, o Yoga traz o caos. E da fúria desse caos vem a renovação.”  – Mumukshu

Anúncios

Yoga com Arte, Dança Circular… Araçoiaba

Awaken

Queremos convidá-los a participarem de um momento de muito amor e união em Araçoiaba da Serra

20/11 – 15h00 | Pic-nic – Yoga com Arte, Dança Circular, Contação de Histórias, Brincadeiras e muito mais

Local: Anima – Comunidade de Aprendizagem – Rua José Teodoro Medeiros, 1100 – Araçoiaba da Serra – SP

Descrição:
Através dos livros poderemos vivenciar histórias incríveis, momentos de conexão, aprendizado e conexão. Uniremos o yoga, contação de histórias, brincadeiras, artes, dança circular a todos aqueles que sentirem a vontade de compartilhar deste momento de conexão. Venham!

Por favor, confirme a sua presença: https://www.facebook.com/events/1048453271880282/

Facilitadora: MeriKol DuArte​ – Inspirar Ser​
Contato: merikol@gmail.com
Informações: https://inspirarser.wordpress.com/ / https://www.facebook.com/InspirarSer

Facilitadora: Camila Pedroso​ – Aprendedorismo​
Contato: prakritii@hotmail.com
Informações: https://www.facebook.com/apreendedorismo

Facilitadora: Aline França​ – Anima – Comunidade de Aprendizagem​
Contato e Informações: https://www.facebook.com/Animaeducativa

Yoga com Arte para Crianças – Sorocaba

Awaken

22/11 – 17h00 | Pic-nic – Yoga com Arte, Dança Circular, Contação de Histórias, Brincadeiras e muito mais

Local: Praça que fica na altura do n. 689 da Alameda Professor Mario de Almeida – Sorocaba – SP

Descrição:
Através dos livros poderemos vivenciar histórias incríveis, momentos de conexão, aprendizado e conexão. Uniremos o yoga, contação de histórias, brincadeiras, artes, dança circular a todos aqueles que sentirem a vontade de compartilhar deste momento de conexão. Venham!

Facilitadora: Merikol DuarteInspirar Ser
Contato: merikol@gmail.com
Informações: https://inspirarser.wordpress.com/ /https://www.facebook.com/InspirarSer

Facilitadora: Camila PedrosoAprendedorismo
Informações e Contato: https://www.facebook.com/apreendedorismo

Traga o seu mat (tapete), canga, lápis, giz, canetinha, folhas, um lanche para compartilharmos alimentos e desfrutar de uma linda tarde. Esperamos por vocês.

Favor confirmar a presença no evento:https://www.facebook.com/events/538959709595984/

Om Mani Padme

“Tibet, considerado um país “mágico”, que preserva e respeita as práticas de Mantra, não faz desse instrumento objeto de comércio, é um meio para criarmos uma realidade mental de iluminação. A utilização do som faz nascer algo na mente e consequentemente no plano material, porque aquilo que a pessoa pensa, tende a se realizar na matéria, Buda diz: “O homem é aquilo que ele pensa.” O Mantra, portanto para o tibetano, tem uma força incrível.

O Mantra mais forte e utilizado de toda a tradição tibetana, é o Mantra OM MANI PADME HUM. (Oh! A Jóia do Lótus!),

Om (o mestre do som)
O OM, dissolve o intelecto e a mente. Ele é o alto de uma pirâmide, a própria consciência, a luz, o som da iluminação, desperta nossa Terra, (sensação), água, (sentimento), fogo, (ação) e o ar, (pensamento). O importante não é que o Mantra esteja no teu ouvido, mas no coração e na mente. Embora seja expresso pela mente ou pela boca, o som vem do coração. O OM nos ensina a meditarmos no som, no ritmo tranquilo que é a devoção.

  • “A essência de todos os seres é a Terra.”
  • “A essência da Terra é a água.”
  • “A essência da água são as plantas.”
  • “A essência das plantas é o homem.”
  • “A essência do homem é o verbo.”
  • “A essência do homem é o conhecimento sagrado (Rigveda).”
  • “A essência do conhecimento sagrado é a música divina (Sámaveda).”
  • “A essência da música divina é o OM.”

Mani
O Mani é o som da transformação. É considerado a jóia da mente ou a pedra filosofal, que nos dá a eternidade. Cria a união com todos os seres, cria um Rúpa (forma). Karma Rúpa é o nome de uma forma de pensamento muitas vezes perversa ou egoísta e que pode, segundo as tradições esotéricas, criar um elemento conhecido como “miasma”, ou “encosto”, “obsessor” – um padrão negativo. O Mani atua como ecologia mental, criando um deva rúpa (anjo da mente). O som Mani atua no nosso manas, que é a nossa mente. O Mani representa o voto do Bodhisatiwa, um ser que escolhe o caminho de auxiliar todos os seres vivos.

Padme ou Padma
Padme representa, a flor de Lótus. Ela nasce nos momentos onde há mais sujeira, mais dificuldade, ultrapassa este mundo. Nasce da escuridão, abre suas flores somente após ter subido além da superfície do lodo. Não ultrapassamos as situações pois elas vivem se repetindo e esse som Padme é exatamente ultrapassar. Muito útil para as pessoas que têm dificuldades em lidar com as próprias emoções.
Esse som confere iluminação ao corpo emocional, sensorial, perceptivos, formações kármicas negativas e a iluminação da própria consciência.

Hum – Exorcizando tuas sombras
Hum é representado como um som de limpeza, um grito de limpeza, um desafio a tudo aquilo que não é bom, aos nossos inimigos que, para alguns, são os pensamentos perversos, seres malignos, a ignorância e o ódio por qualquer ser e por nós mesmos.
O Hum significa o espírito solto para voar, a libertação de tudo aquilo que não faz parte da nossa própria alma. O Hum é universal, total; a descida da eternidade para o nosso coração. O OM é o infinito e o Hum é o finito. Ambos são importantes, mas podemos dizer que o OM também é o meio para compreender o próprio Hum. A eternidade faz com que compreendamos o nosso próprio corpo, por isso o Hum é considerado como se fosse a matéria, como Buda tocando a própria Terra, a nossa mãe Terra, Gaia.”

Extraído de Somos Todos Um

Om Mani Padme Hum – mantra

Aula gratuita – Yoga para Crianças

Yoga Crianças - Merikol - Sri Prem Baba - 50 anos

Segue mais um lindo e amoroso convite, onde darei aulas de Yoga para as Crianças no feriado do dia 20/11. Venham!

20/11 – 10h00 às 11h30 | Yoga com arte para Crianças
Local: Praça Vinicius de Moraes (este é o nome correto da Praça) – Morumbi – São Paulo – SP

Confirme por favor, a sua presença no evento: Yoga para crianças

Descrição:
“Praticar yoga com crianças é criar uma atmosfera acolhedora que as encoraje a relaxar e se divertir enquanto desenvolvem não apenas força, coordenação, flexibilidade e equilíbrio, mas também consciência, melhora na capacidade de concentração, foco e autoconfiança.” Vamos praticar?

Facilitadora: Merikol Duarte – Inspirar Ser

Contato: merikol@gmail.com
Informações: Inspirar Ser

Traga o seu mat (tapete), canga, lápis, giz, canetinha, folhas, um lanche para compartilharmos alimentos e desfrutar de uma linda manhã. vem.

+Amor nas relações

Quando cada um de nós se propuser a caminhar e olhar para dentro, seguir no caminho do autoconhecimento, conseguiremos sentir e perceber que o Amor nos liberta, nos liberta dos julgamentos, das críticas, da raiva… é um caminho longo a se percorrer, no entanto é um dos pontos essenciais para alcançar o equilíbrio do Ser.
 
Quando estamos realmente presentes no momento Presente, conseguimos perceber estas mudanças internas.
 
+Presença +Consciência +Meditação +Conexão +Silêncio
 
Com Amor,
Merikol Duarte

Aula de Hatha Yoga – Gratuita – 26/11 – 10h30

Hatha Yoga - Merikol - Sri Prem Baba - 50 anos
Queridos, gostaria de convidá-los a participar de uma aula gratuita de Yoga que darei aqui e São Paulo, em comemoração ao aniversário de Sri Prem Baba.
26/11 – 10h30 | Aula de Hatha Yoga
Local: Praça Vinicius de Moraes – Morumbi – São Paulo – SP
Descrição:
A prática do Yoga traz benefícios para o corpo e mente, Vamos praticar? Traga o seu mat (tapete), canga e vamos desfrutar de uma linda manhã
Facilitadora: Merikol Duarte – Inspirar Ser
Contato: merikol@gmail.com
Clique aqui para confirmar a sua presença e saber mais sobre o Aula aberta de Yoga
Como se trata de um evento que promove a cultura do compartilhar, te convidamos também para se juntar à nossa ‪#‎CoberturaColaborativa‬. Compartilhe nas suas redes sociais sua experiência através de uma foto ou vídeo. Enfim, compartilhe!
Sugerimos as seguintes hashtags: ‪#‎AwakenLoveCelebration‬ ‪#‎PremBaba50anos‬ ‪#‎CriandoUniao‬ ‪#‎AmorEmMovimento‬ ‪#‎AwakenLoveParaTodos‬

Todos os eventos são gratuitos e aberto a todos.

Os maus-tratos sutis que você não deve permitir em sua vida

Superação

Os maus-tratos sutis causam dor, insegurança e baixa autoestima, por isso não devemos permiti-los. Proteste se houver algo que lhe faz mal, ainda que seu interlocutor se incomode. Se você não entender, precisa de empatia e da inteligência emocional necessária para estabelecer relações saudáveis.

Na hora de falar em maus-tratos, imediatamente pensamos no tipo de violência física ou psicológica que uma pessoa exerce sobre a sua vítima. No entanto, existem outros tipos de maus-tratos “sutis”, dos quais, em algumas ocasiões, não temos tanta consciência e que, aos poucos, acabam por nos destruir por dentro.

São ataques encobertos aos quais não costumamos reagir porque a agressão não é tão direta, ou pode até ser que a intenção não seja de causar dano. No entanto, por ser constante, eles vão destruindo nossa autoestima e a confiança que temos em nós mesmos. Cuidado, pois não estamos falando somente dos maus-tratos sutis que nosso companheiro ou companheira pode exercer; às vezes, até nossos próprios familiares podem praticá-los.

A seguir ensinaremos como reconhecê-los e como se defender deles.

Como se exercem os chamados “maus-tratos sutis”?

Para compreender a dimensão dos maus-tratos sutis, falaremos sobre alguns exemplos que serão facilmente reconhecíveis. Pensemos em uma menina que, desde muito pequena, fizeram acreditar que é desastrada. Toda vez que algo caía das mãos dela, seus pais chamavam a sua atenção; quando ela quebrava algo sem querer, eles justificavam a situação falando de como ela sempre fora muito desastrada.

Na medida em que ela vai crescendo, seus pais usam essa forma desajeitada e avoada para justificar as provas nas quais ela não vai bem, e à sua incapacidade de fazer amigos. Seus pais a amam, não há dúvida disso, e claramente não a estão maltratando fisicamente. No entanto, ao longo de sua vida, eles a fizeram acreditar que é uma pessoa “incapaz e desajeitada”. São maus-tratos sutis criaram nela uma grande insegurança e uma baixa autoestima.

Vejamos outro exemplo. Temos um parceiro que costuma usar muito a ironia em seu dia a dia. São comuns os comentários brincalhões através dos quais ele tenta fazer os outros rirem, sem perceber que, com suas frases, está nos machucando. Ele nunca parece levar nada a sério, e ironiza qualquer coisa: o que você faz, como se veste, como se expressa. São pequenas coisas que ele pode fazer sem ter má intenção, mas no entanto lhe causam dor e, portanto, trata-se de uma situação de maus-tratos encobertos.

É importante saber que este tipo de comportamento é muito comum em nossa realidade, e que é muito difícil reagir diante deles, devido a tanta sutileza. São coisas pequenas que, ao se converterem em persistentes, acabam nos ferindo, até o ponto em que nos tornamos completamente indefesos. Temos que aprender a reconhecê-los.

Como me defender perante maus-tratos “sutis”?

Você deve ter consciência de que as palavras podem machucar tanto quanto uma agressão física. As feridas internas são tão dolorosas quanto um golpe.

Não importa o quanto o comentário for inofensivo, ou a inocência de uma determinada ironia. Não permita que isso aconteça. Diga o que pensa em voz alta e expresse-se claramente, explicando que essas palavras machucam você e que não devem ser repetidas novamente.

Estabeleça limites em sua vida, barreira que os demais não devem ultrapassar. Se as ironias sobre a sua pessoa o incomodarem, não as permita. Se falarem algo sobre você que não for verdade, defenda-se. Se há pessoas que sempre se dedicam a fazer pequenos comentários sobre essas características, talvez seja o momento de se manter afastado delas. As pessoas tóxicas somente nos causam sofrimento, e para viver com insegurança ou infelicidade, não vale a pena conviver com elas.

O principal problema dos maus-tratos sutis é que as outras pessoas não veem problema nenhum em suas palavras e ações. Elas não o reconhecem. O que para eles é uma brincadeira, para nós é uma clara ofensa. Se não reagirmos, se deixarmos passar um dia e o outro também, chegará um momento em que o nível de maus-tratos será muito maior.

Os maus-tratos podem ser exercidos por nossos pais, mães, irmãos, parceiros ou até por colegas de trabalho. Pessoas que dizem que nos amam e respeitam, mas não se equivoque. É fundamental que você defenda sempre a sua própria integridade e sua autoestima, e que diferencie muito bem o que é respeito do que é ofensa. Há pessoas que pensam que a confiança cotidiana lhes dá licença para brincar conosco, para ironizar, e inclusive para faltar com o respeito. Não permita isso nunca. Coloque em evidência tudo que lhe incomodar. Impeça que causem mal, e se não gostarem de sua reação, não se preocupe, pois quem não entender que você se sentiu ferido não tem empatia, e portanto não possui a inteligência emocional necessária para estabelecer reações saudáveis.

Fonte indicada: Melhor com saúde

Foto extraída da internet

PNL, CNV, Sagrado Feminino, Empoderamento

PNL

A PNL nos mostra como podemos reprogramar as nossas crenças limitantes, através de técnicas que nos levam a atingir a excelência em qualquer área de nossas vidas.
Tenho percebido transformações em minha vida, desde quando comecei a fazer o curso de formação em Practitioner em PNL, aliado ao curso básico que fiz de CNV, as vivências e aos círculos do Sagrado Feminino… sei que ainda tenho muito a melhorar internamente e percebo que todos estes movimentos estão me levando ao encontro do que busco, que quero e que almejo.
A mudança pode ser pequena, talvez nem todos ao meu entorno percebam, no entanto ela já está acontecendo internamente.